terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Valorize-se


Ontem eu estava pensando a respeito da abordagem para vender.
Geralmente as pessoas começam no seu meio comum. Vendendo para parentes e amigos, até que encontram seu público-alvo anteriormente desconhecido.
É muito bom quando começamos com uma pequena divulgação, presenteando pessoas queridas para que nosso trabalho fique conhecido e a propaganda boca a boca nos ajude.
No entanto, quando começamos a vender, deixamos o nosso valor de lado, o dom que temos de criar e, de vez em quando, caímos até mesmo na apelação.
Algumas pessoas acabam comprando "para nos ajudar". E volta e meia nos pegamos usando essa abordagem: "compra pra me ajudar?"
Você já parou pra pensar no valor do seu dom? Já parou pra pensar que se você faz algo com as próprias mãos, que é lindo, precisa ser valorizado?
Já pensou que as pessoas não têm que comprar seu produto artesanal porque ficam com pena de você, afinal de contas você não tem um emprego, nem um trabalho, você tem um hobby que pode ser pouco lucrativo? 
É isso mesmo, quem não conhece o valor do produto artesanal chama nosso trabalho de terapia, hobby, algo para relaxar...
Mas quando você pensa que você tem valor, que suas criações são exclusivas porque foram feitas a mão, que você colocou um ingrediente que um produto industrializado não tem: AMOR; você entende que mais do que uma profissão, uma ocupação, um meio de "ganhar dinheiro", você tem um talento excepcional.
E esse talento só será reconhecido quando você começar a se valorizar.
Você é ímpar, é singular. Não existe ninguém no mundo igual a você. Portanto, valorize-se. Venda seu trabalho, ofereça seu dom como oferta. Sem parecer coitadinho (a) porque VOCÊ NÃO É!!!
Deus te abençoe.

beijinhos da
Tati

Quer encomendar meus produtos: www.tatimerinobiscuit.net
Precisa falar comigo? 
contato@tatimerinobiscuit.net



Nenhum comentário:

Postar um comentário