sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

#umBiscuitPraQuemEuAmo


Ninguém pediu minha opinião, mas vou dar mesmo assim:
1. Eu não gosto de gente que ridiculariza o outro, independente do lado que esteja.
2. Eu não gosto de desrespeito, mesmo quando as pessoas discordam entre si.
3. Se eu ensino moral e bons costumes, não vou gostar de comportamentos diferentes.

Desde ontem estou vendo as artesãs do ramo do biscuit nervosas com uma moça que grava vídeos no youtube e que tá famosona no meio dos adolescentes aí.
E já vi gente defendendo o biscuit e gente defendendo ela, porque ela falou em um dos seus vídeos que dar presente caro e ganhar biscuit não é legal.
Claro que vou defender minha categoria kkkkkk

Eu não vou responder diretamente a ela, nem fui ver o vídeo pra não aumentar o numero de visualizações e nem vou lá colocar sinal de negativo.
Também não vou colocar #umbiscuit pra ela.

Independente se foi do biscuit que ela falou ou de qualquer outra coisa. Ainda que eu não goste de algo, eu não tenho que menosprezar o outro.

Eu já estive dos dois lados. Do lado de quem não podia dar o presente caro e do lado de quem precisava não ganharia o presente caro.
Já fui humilhada indiretamente na escola, quando uma pessoa disse que "eu não tinha condições" de dar presente de amigo secreto. E no fim, o presente artesanal que eu dei foi muito mais lindo e legal do que o presente que eu ganhei. Eu lembro do que eu dei, o que eu ganhei não tenho ideia. Enfim...

O que eu não gosto do comportamento da moça que fez o vídeo:
  1. Ela fala muito palavrão.
  2. Ela brinca com a mãe dela com palavras ofensivas.
  3. Com tudo que ela faz de "feio", ela está influenciando jovens e adolescentes a serem como ela.
Isso mostra que eu já vi vídeos dela. Mas isso também mostra que pra mim ela não é referência.


Mas o que me chateia mesmo é que as pessoas menosprezam as outras, sem saber a razão daquilo.
E isso é muito chato nessa época do ano. Pôxa, só porque a pessoa não pode dar um presente caro, ela não pode participar de um amigo secreto? ou: pôxa, só porque eu dei um presente caro eu fico esperando um presente caro também?

Não devemos ser assim, nem ensinar nossos filhos a serem assim, porque um dia podemos ser quem não pode dar o presente caro.

Eu gosto de dar e de receber presentes que tenham significado: um bilhetinho, uma comidinha que a pessoa gosta, palavras de carinho e porque não um biscuit feito por mim para quem eu amo e que seja cheio de significado?
Esse ano os melhores presentes que eu dei foram os noivinhos, para os meus primos e para uma amiga. Sabe porque? Eu coloquei amor neles, fiz de todo meu coração.
Eu acredito que a minha campanha não vai ter o mesmo impacto das outras mas a minha # é
#umbiscuitpraqueeuamo

Deus abençoe
Beijinhos da Tati


Nenhum comentário:

Postar um comentário