quinta-feira, 17 de março de 2016

Vem aqui, vou contar um segredinho




Deixa eu contar uma coisinha pra vocês.
Uma coisinha engraçada e que já faz alguns dias que eu to com vontade de escrever sobre o assunto.
Seguinte, tá vendo essa foto de colherzinha?
Já pensou que quando o cliente pede 50 peças e não discrimina quantas de cada gera uma piração sobre quantas de cada fazer?
Porque a conta não bate.
São 8 modelos de bichinhos, divide 50 por 8 dá 6,25
Eu não consigo fazer 1/4 de bichinho rsrsrs
Aíiii que eu faço assim: se eu to com tempo apertado pra fazer eu pergunto pra cliente quais bichinhos e quantos de cada ela quer e fico torcendo pra ela responder rapidinho. Mas quando eu to boazinha e com um pouquinho de tempo eu arredondo a quantidade e acabo mandando mais peças. Loooogico que isso não acontece todas as vezes, mas com bastante frequência.
E na maioria das vezes vai 2 ou 3 bichinhos a mais apenas. (Um exemplo)

E vocês sabiam que nunca, nunquinha as pessoas mencionam isso? Seja por agradecimento ou pra perguntar se eu mandei a mais por engano.
Aí eu penso: 
  1. Será que a pessoa não contou as peças?
  2. Será que a pessoa tem medo de eu ter enviado a mais por engano e tem medo que eu queira de volta?
  3. Ou será que é porque isso não tem muita importância?
Só teve uma vez que uma cliente me mandou na avaliação perguntando se eu tinha mandado a mais de brinde ou se foi por engano. Mas isso aconteceu por que eu mandei 10 peças a mais. Eu até respondi a verdade, que eu achei que era aquela quantidade e fiz sem prestar atenção.
Ainda bem que errei pra mais né?

Já errei pra menos também. E houveram dois casos em especial:
  1. Eu sempre mando uma cartinha com as encomendas e tinha um parágrafo pedindo pra pessoa contar as peças e se estivesse faltando era pra pessoa entrar em contato. Logo nas primeiras cartas um cliente já reclamou que estavam faltando 3 peças. E era um produto que era impossível faltar 3. Ou estaria faltando 5 ou não estaria faltando nenhum. E eu sou uma pessoa meio doida com contas. Eu conto as peças quando estou montando a primeira metade, a segunda metade e quando estou pintando olho conto de novo. Sem contar que meu pai também conta na hora de embalar. Conclusão, tirei essa parte da carta porque notei que algumas pessoas poderiam usar de má fé, apesar de que nunca terei como provar se as peças estavam realmente faltando ou não. 
  2. O segundo caso foi falta de atenção mesmo porque eu não copiei pra lista um dos bichinhos que a cliente escolheu. Mas nesse caso foi pra uma cliente que é um amor de pessoa e repus os bichinhos dela, mas mandei junto com a outra encomenda que ela aumentou. Sim, tem gente muito legal nesse mundo.
Ah! E teve um caso que eu inverti as caixas e mandei só um tipo de bichinhos pra uma e um outro tipo pra outra. Tive que repor e todo mundo ficou com um monte de bichinhos a mais hehehe
Mas sobre as confusões e as caixas trocadas outro dia eu conto, já confundi algumas e depois acabei rindo de mim mesma. Mas corri que nem uma maluca pra repor tudo... 



Pois é, raramente alguém vai agradecer pelas peças a mais, mas só fiz essa postagem pra dizer que se eu te mandar 2 ou 3 peças a mais não é engano, é carinho.
E sempre que eu posso mando mimos nas caixas, só não mando quando não tenho e fico triste por isso.

Obrigada pelo carinho de quem leu até aqui.
Deus abençoe
Beijinhos da Tati


Nenhum comentário:

Postar um comentário